07/04/20

A comunicação entre nós humanos e cães e gatos

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A comunicação entre humanos e outras espécies é algo muito especial, podendo ser muito benéfica, porém muito desafiadora. Nós utilizamos predominantemente a língua falada que envolve sons produzidos para gerar palavras e um sistema sintático que orquestra a maneira que com que as palavras são colocadas em uma frase. 

Entretanto, a língua falada corresponde apenas a uma parcela da nossa comunicação e outros sinais como: expressões faciais, corporais e ações, são também muito importantes para nossa comunicação. Já os cães e gatos não utilizam a língua falada como uma forma de comunicação. Eles utilizam principalmente o olfato, as expressões faciais e corporais para se comunicarem.

O que os cães e gatos entendem? Expectativa versus realidade

Dra. Larissa atendendo um de seus pacientes

 

Muitas interpretações errôneas podem acontecer quando tentamos nos comunicar com nossos queridos animais de companhia através da nossa língua falada. Eles podem aprender o significado de palavras pontuais e prestam atenção na entonação da nossa voz quando falamos. Sabemos que nem cães e gatos são capazes de compreender a semântica de frases completas. 

Portanto, esperar que eles entendam frases inteiras é uma expectativa irreal. A comunicação através de frases pode gerar uma confusão mental em cães e gatos. Eles prestam atenção para tentar inferir informações, porém observam os gestos que fazemos, as nossas expressões faciais e também os tons de nossas vozes. 

Se nossas expressões forem contrastantes com o que estamos falando, eles irão entender o contrário do que queremos dizer. Por isso, é muito importante estarmos mais atentos aos nossos gestos do que é falado em nossas frases. 

Dicas para melhorar seu comunicação com seu cachorro:

1. Uma ótima recomendação é praticar a comunicação com nossos amigos de outras espécies sem falar, isto é, sem usar a língua falada.

2. Pratique olhar, gesticular e interagir em silêncio. Essa é uma prática maravilhosa que nos permite aprender e interpretar as expressões de nossos queridos cães e gatos com mais acuracidade e também ser facilmente entendido. 

3. Quanto mais difícil for para você conversar com seu animal de companhia sem falar, mais você precisa praticar! 

E aí, você aceita o desafio? Com certeza seu amigo vai adorar suas novas conversas 😊

Larissa Rüncos

M.V. da CIEV Curitiba

 


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •