17/04/19

15 fatos que você precisa saber antes de adotar um coelho

Compartilhe
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Páscoa se aproxima e, nessa época, aumenta a popularidade dos coelhos como animais de companhia. Coelhos ou qualquer outro animal não são brinquedos! Muitas pessoas adotam coelhos nessa época do ano, por puro impulso, desconhecendo que manter um coelho não é algo simples.

Como consequência desses impulsos pascais, muitos coelhos são abandonados ou mesmo vêm a óbito, sendo a negligência a grande responsável por tais situações. 

 

Lista de 15 fatos que você precisa saber antes de adotar um coelho:

 

1. Equivocadamente, os coelhos são considerados roedores. Taxonomicamente, os coelhos pertencem à ordem “Lagomorpha” e à família “Leporidae”. Ou seja, eles são lagomorfos, diferentemente de ratos, camundongos, preás, esquilos, porquinhos-da-índia, hamsters, marmotas e capivaras, que são roedores! Os lagomorfos possuem quatro incisivos na maxila superior e são exclusivamente herbívoros. Já os roedores (ordem “Rodentia”) possuem 2 incisivos superiores e há algumas espécies que se alimentam de carne. Ainda comparando lagomorfos e roedores, vale ressaltar que os primeiros apresentam estrutura corpórea singular, notadamente orelhas e membros posteriores mais longos que os dos roedores, com poucas exceções (pica-alpino, coelho-de-Amami).

 

2. Coelhos necessitam de assistência médica veterinária especializada!

 

3. Coelhos são animais sociáveis e apreciam a companhia de outros coelhos e de humanos.

 

4. Muitos deles não gostam de colo, são animais que apreciam serem observados. Há maneiras corretas de se levantar e segurar o coelho, as pernas traseiras devem ser bem sustentadas, para evitar movimentos bruscos que podem danificar estruturas da coluna e resultar na paralisia do coelho.

 

5. Colocar coelhos para conviver com animais predadores, como cães e gatos, podem deixá-los estressados. Os coelhos até podem se dar bem com gatos. Já a interação com cães requer precaução.

 

6. Como coelhos podem viver até 12 anos, mantê-los como animais de estimação é um grande compromisso!

 

7. Os coelhos adultos necessitam de dieta balanceada que deve conter grande quantidade de fibras (matéria vegetal verde ou desidratada, feno) e somente 1/4 a 1/2 de xícara de ração comercial de boa qualidade. Evite dar ração contendo castanhas, sementes e frutas secas. Quanto às folhas verdes: não é todo tipo de verdura que pode ser dado aos coelhos! Cuidado, pois plantas tóxicas podem causar a morte do animal, quando oferecidas na alimentação.

 

8. Coelhos podem ter pulgas e o componente ativo Fipronil, presente no Frontline, é tóxico para esses animais.

 

9. Diariamente,  coelhos ingerem aproximadamente 120 mL de água por quilo de peso corporal. Por isso forneça um pote contendo muita água.

 

10. Caso você queira adquirir um coelho, saiba que você terá que disponibilizar tempo, dinheiro e espaço para cuidar bem de seu amiguinho e brincar com ele (3 a 4 horas por dia).

 

11. Os coelhos têm personalidades diferentes entre si, então não pense que todo coelho se comporta de modo semelhante.

 

12. Como os coelhos gostam de correr e saltar, você terá que possuir um espaço considerável em sua casa, para garantir o bem-estar de seu coelho! As gaiolas vendidas nas lojas do ramo são muito pequenas, além de caras, não sendo a aquisição ideal. Coelhos que vivem fora de casa podem estar sujeitos a mudanças bruscas de temperatura e também serem mortos por predadores.

 

13.  Os coelhos podem atingir maturidade sexual muito cedo, a partir dos 3 meses e meio. É aconselhável castrar os coelhos, assim, prevenir comportamentos indesejáveis e problemas de saúde, como câncer de útero e câncer de testículos, bem como evitar ninhadas indesejáveis, evitando a superpopulação e suas consequências. Eles podem ser castrados aos 4 meses de idade e alguns veterinários preferem castrá-los com 6 meses.

 

14. Coelhos podem ser treinados a usar caixinha higiênica. Compre uma caixa sanitária de gatos, forre com jornal e depois coloque o feno. Não use areia e granulados para gatos e lascas de madeira. Troque o conteúdo a cada 2 dias.

 

15. Os coelhos devem ser escovados regularmente, já os de pelagem longa devem ser escovados com mais frequência. As unhas devem ser cortadas a cada 6 a 8 semanas.

 

Se depois de muita pesquisa, você decidiu adotar um coelho, entre em contato com os grupos no Brasil que resgatam coelhos e disponibilizam esses animais para adoção.

 

Vale ressaltar que os coelhos são ótimas companhias para quem é vegano, pois são “veganos” também! Diferentemente de cães e gatos, a alimentação de um coelho não provoca dilemas na cabeça de sua/seu companheira(o) humana(o) vegano(a), levando-o(a) a ler artigos e postagens sobre oferecer ou não rações veganas a seu animal de estimação.

Se você tiver alguma dúvida, entre em contato conosco. A Dra. Isabelle Tancioni, trabalha como voluntária na San Diego House Rabbit Society, um abrigo especializado em coelhos. Lá, as pessoas interessadas em adotar coelhos têm que assistir uma aula de 2 horas e passar por uma entrevista que pode levar mais de 4 horas.

Guarda responsável é tudo de bom!

Dra. Isabelle Tancioni com a camiseta da San Diego House Rabbit society.

Fontes:

http://www.ucmp.berkeley.edu/mammal/rodentia/rodentia.html

https://en.oxforddictionaries.com/expl…/is-a-rabbit-a-rodent

San Diego House Rabbit Society, Inc

https://www.merckvetmanual.com/exotic-and-laboratory-animals/rabbits/management-of-rabbits


Compartilhe
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •